Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Amena Cavaqueira

O Amena não tem o melhor nome para blogue de viagem e lady-gazeta não é o nome de autor mais credível para uma blogosfera de gente séria, mas estamos bem com isso. Somos sempre mais do que bons viajantes e bons nomes.

Amena Cavaqueira

O Amena não tem o melhor nome para blogue de viagem e lady-gazeta não é o nome de autor mais credível para uma blogosfera de gente séria, mas estamos bem com isso. Somos sempre mais do que bons viajantes e bons nomes.

03
Fev18

À lá minute: Milão e Verona

lady-gazeta

Milão, tal como outras cidades europeias, foi conhecida à lá minute - em 3 dias (1 dia de Verona). O roteiro não foi preparado por mim, mas sim pela J. e é muito injusto apoderar-me dele assim, sem mais nem menos. Um dia destes peço à J. para sentar-se aqui, connosco. Tem tanto para vos contar. 

Vamos lá. Milão!

Surpreendentemente, Milão não foi a viagem que deixou a lady-gazeta eufórica. E, agora, depois de ler os comentários de quem viaja por Itália, considero que a pouca euforia se deve a dois factores decorridos durante a viagem:

  • Choveu toooodo o tempo em que estive em Milão. E é impossível negar o impacto que a chuva tem na cidade que estamos a visitar. Eu, pessoalmente, não gosto. É o chapéu que só atrapalha, é a logística da máquina fotográfica + chuva. São as calças molhadas, é fazer tempo para ver se a chuva abranda. Só dilemas, como podem perceber. 
  • A chuva, as mudanças de temperatura e um pico de electricidade acabou com o meu telemóvel. Chatice! Ou...Talvez fez me aproveitar uma viagem completamente desprovida de tecnologia. É outra perspectiva. 

Milão - vou ser muito injusta, talvez - é interessante. Tem os dois grandes monumentos que abraçam o coração da cidade: a Duomo e a Galleria Vittorio Emanuelle. E admito, apesar do mau tempo, são realmente vum-vum-vau! A arquitectura justifica muito a visita à cidade, nem que seja por um dia. A Duomo é imponente e também a maior catedral italiana com uma fachada gótica em mármore. A Galleria não é uma catedral mas não fica atrás no que toca a popularidade. Quando se lá entra é impossível tirar os olhos do tecto - são azulejos que representam os Continentes. Lá dentro, estão lojas, restaurantes e milaneses glamourosos. Claro que não podemos esquecer que estamos na cidade da moda :). 

galerias.png

Galerias, Milão, e uma qualidade de imagem que... enfim. adiante. (ainda o telémovel exisita)

 

Devem também conhecer o Castelo Sforzesco que, apesar de turístico, foi um dos maiores castelos da Europa durante séculos. A entrada foi grátis - penso que continua a sê-lo. Chegar até ao castelo é fácil, pois é perto do centro da cidade. Aliás, a cidade faz-se perfeitamente a pé. Durante a caminhada devem passar pelo Parque Sempione (onde estão a Biblioteca Municipal de Milão e o Museu do Design) e pela Torre Branca. No regresso da caminhada até ao centro da cidade, devem passar pela Porta Sempione. Porquê Porta? Porque marcava o início da estrada que ligava Milão a Paris. Esta Porta é um arco rico em detalhes e um excelente palco para muita fotografia.

porta.png

 Porta Sampione, Milão.

 

 

Para beber um copo, à noite, devem ir a Navigli. Navigli é um bairro chique, com um canal (Naviglio), pontes pedonais e muitos bares/restaurantes de tapas. Vale muito a pena. 

Para finalizar, recomendo também que conheçam:

  • Igreja de San Ambrogio
  • Basílica de San Lorenzo Maggiore
  • Parco delle Basiliche

 

E depois, Verona!

Ah Verona. Como costumo dizer: até o sol ajudou

verona.png

 Verona

 

Verona é linda, é pitoresca e é muito de Romeu e Julieta. A entrada na praça principal (Piazza Bra) quase que marca o "Era uma vez...", pois são arcos que se assemelham a entradas nos castelos das histórias de encantar e denomina-se como Portonni Della Bra. A praça central é composta por restauração e animação (aconselho a sentarem-se numa esplanada e apreciar). Devem também conhecer a Casa de Julieta, apinhada de cadeados e pessoas. Ah, não vos disse: fui dia 14 de Fevereiro a Verona. Dia dos namorados! Muito, muito turismo! Big mistake!

Também recomendo em Verona:

  • Castelvecchio
  • Piazza dei Signori
  • Anfiteatro Romano de Verona
  • Igreja de Santa Anastácia

 

Agora, dicas finais:

  • Aproveitem as massas e as pizzas. Não é mito, são mesmo boas! E a restauração não é cara.
  • Utilizar o comboio de Milão a Verona - faz-se perfeitamente em 1 dia!
  • A estação de comboios de Milão não é assim tão tranquila durante a noite. Portanto, olho atento!
  • Alojamento em Milão? Hotel Biocity . Não é o alojamento mais perto do centro da cidade, mas é excelente (pertíssimo da estação de comboios).
  • Transporte do aeroporto ao centro da cidade? Comboio.
  • Como conhecer a cidade? A pé.

 

 

A Lady-Gazeta

Siga-nos no Facebook!

O Amena pertence a...

Amena no Mundo

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar